Uma Nova Ética para Uma Nova Pedagogia dos Corpos Precarizados

  • Antônio Carlos Vaz

Resumo

O ensaio trata de uma reflexão política, ética e pedagógica diante
das condições sociais cada vez mais precarizadas entre a população
trabalhadora e pobre que vive nos bairros periféricos das grandes
cidades brasileiras. Trabalha-se com a noção de “Saberes imprescindíveis”, trazida por Miguel Arroyo (2012), que questiona quanto o
currículo escolar consegue de fato atender aos interesses das crianças
e jovens que têm vida precarizada e aponta uma série de indagações
sobre a relação entre o currículo e a população mais pobre. Outra
noção utilizada para a análise da realidade escolar é a de “Educabilidade”, baseada em Néstor Lópes (2008). Nesse caso, trata-se de um
conjunto de capacidades, de disposições que os estudantes devem
ter para que possam avançar em seus estudos, para que possam ter
uma experiência duradoura e de sucesso na Escola.

Publicado
2021-07-01
Como Citar
VAZ, Antônio Carlos. Uma Nova Ética para Uma Nova Pedagogia dos Corpos Precarizados. REVISTA PLURI, [S.l.], v. 1, n. 4, p. 81 - 90, jul. 2021. ISSN 2596-1098. Disponível em: <http://repositorio.cruzeirodosulvirtual.com.br/index.php/pluri/article/view/167>. Acesso em: 02 dez. 2021.